Tudo sobre a Virgem Maria
Santos Católicos

Tudo Sobre a Virgem Maria

A virgem Maria, mãe de Jesus, é uma mulher pura, humilde e que foi escolhida por Deus por sua simplicidade e pureza. Nós, católicos, damos vários títulos à Mãe de todos nós, mas será que sabemos tudo sobre a Virgem Maria?

Saiba tudo sobre a Virgem Maria e sua santidade diante de Deus e dos homens

A Mãe de Jesus é o caminho da Salvação

Jesus é Deus e Maria é sua mãe, o que a faz ser a Mãe de todos nós. Em meio a tantas mulheres puras no mundo, foi por meio de Maria que Deus escolheu enviar o Salvador da Terra e dos Homens. Pois então, se é por ela que Deus e Jesus vieram até nós, é ela também que devemos seguir na hora de nos encontrarmos com Ele.

Os devotos e santos atribuem a ela a Onipotência Suplicante, já que tudo é colocado em suas súplicas a seu Filho. Por isso, atribuímos à mãe a figura exemplar de transmitir aos filhos suas virtudes e ensinar-lhes sobre justiça, perdão e amor, exatamente como fez Maria.

A Predileta do Pai

Como já dissemos, foi Maria a escolhida entre todas as virgens e também foi ela quem mais se humilhou, sofreu e defendeu como pôde seu filho. Aos olhos de Deus, os humilhados serão exaltados, exatamente como Maria o foi. Sua humildade foi vista em diversas passagens da Bíblia como em Caná da Galiléia, na fuga para o Egito, no Calvário e na crucificação.

Ela é a vitória do Bem contra o Mal e Jesus foi seu súdito

Jesus era filho de Maria e submisso à sua mãe e, assim como Deus o disse, Jesus era seu filho e ele se fez sujeito a ele. Portanto, a Mãe de Jesus é a quem Deus obedece com alegria. O que também explica o fato de São José ser, após Maria, o santo de mais Glória perante o Criador.

Em Gênesis capítulo 3, versículo 15, Maria esmaga a cabeça da serpente do inferno. Seu manto é protetor e é por isso que os filhos mais necessitados a ela procuram e é Nossa Senhora quem reúne os fiéis na salvação do mundo.

A Mãe de todos

Ao ser crucificado, Jesus deu Maria como nossa mãe e foi diante do sofrimento de seu filho que ela ofereceu seu filho ao Pai, por todos nós. Esses dois atos simbólicos fizeram de Maria nossa Mãe, aquela que entrega seu bem mais precioso em prol da salvação do mundo.

Exatamente como qualquer mãe faz, ela dá ao filho o remédio amargo, sabendo o bem que ele irá proporcionar e coloca, portanto, suas vontades sempre abaixo do necessário, sustentando a fé e o amor em seu coração.

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário no blog e nos ajude a espalhar ainda mais a palavra de Deus e a adoração à Virgem Maria.

 

Leia Também   A Importância dos Santos Para Nossas Vidas

Você também vai gostar de ler:

Cadastre-se para receber

notícias e promoções.

Comentários

Loja SJO - Produtos em Destaque