Santos Católicos

Conheça a história por trás da popularidade de Santa Terezinha

Ao lado de São Francisco de Assis, Santa Terezinha é uma das figuras mais populares e queridas da Igreja Católica. Tanto por causa da sua extrema simplicidade, como por conta de sua exemplar devoção, Santa Terezinha do Menino Jesus, como também ficou conhecida, tornou-se um influente modelo de santidade.

Como está prestes a completar 91 anos de sua canonização, resolvemos contar aqui a história por trás da popularidade de Santa Terezinha e mostrar por que essa figura é tão carismática e significativa para propagação dos ensinamentos católicos!

A vida e morte de Santa Tereza

Teresa de Lisieux nasceu em 2 de janeiro de 1873, em Alençon, na França. Caçula de 9 filhos e de uma família extremamente religiosa, Santa Terezinha foi criada pela irmã Paulina, a partir dos 4 anos de idade, depois que sua mãe faleceu vítima de um câncer de pulmão.

Desde cedo, a pequena Teresa sempre sentiu vocação para a vida religiosa e, ao completar 15 anos, tanto insistiu que, apesar de muito nova, foi aceita para a ordem das carmelitas descalças. Isso só foi possível graças à sua ousadia de pedir autorização ao Papa Leão XII para ingressar no Carmelo.

A simplicidade de Santa Terezinha

Durante toda a sua vida, Santa Terezinha pregou que a perfeição e a santidade do mundo podem estar presentes nas pequenas coisas. Foi exatamente por meio dessa simplicidade e por reconhecer que não tinha forças para praticar as grandes obras dos santos mais renomados da Igreja, que Santa Terezinha conseguiu se aproximar da comunidade católica e tornou-se tão popular.

Santa Terezinha Missionária

Um fato curioso desta Santa é que ela se transformou em uma missionária sem nem ao menos ter saído do Carmelo. Segundo Santa Terezinha do Menino Jesus, “ser missionário não era uma questão de geografia, mas sim uma questão de amor”.

Leia Também   Os 100 Anos de Nossa Senhora de Fátima

Morte de Santa Tereza do Menino Jesus

Santa Tereza morreu no dia 30 de setembro de 1897, com apenas 24 anos de idade. Ela foi acometida pela tuberculose, que na época não tinha cura.

Mesmo com todas as dores e sofrimentos causados pela doença, que perdurou por 3 anos, a devota nunca reclamou e no seu leito de morte ainda foi capaz de entregar e provar, mais uma vez, seu amor por Deus!

A obra de Santa Terezinha

Mesmo com tão pouco tempo de vida, Santa Terezinha conseguiu escrever 3 manuscritos, que compõem a sua autobiografia, intitulados História de Uma Alma, que tornou-se um dos livros mais vendidos do mundo.

Nesta obra, Santa Terezinha prega os ensinamentos da profunda simplicidade, em que ressalta uma santidade baseada nos pequenos atos de amor praticados no cotidiano.

A Santidade

Santa Tereza do Menino Jesus foi beatificada em 17 de maio de 1925, pelo Papa Pio XI. Já em 1972, ela foi considerada a Patrona Universal das Missões Católicas e, depois, declarada como Padroeira Secundária da França, ao lado Joana D’arc.

Gostou do artigo? Então, compartilhe essa história com seus amigos e aproveite para conferir os artigos religiosos da loja virtual da SJO!

 

Cadastre-se para receber

notícias e promoções.

Comentários

Loja SJO - Produtos em Destaque